Olivais a saque no distrito de Beja

O Comando Territorial de Beja da GNR, através dos Postos Territoriais de Barrancos, Cuba, Moura e Vidigueira, entre os dias 18 e 22 de dezembro, deteve 22 homens com idades compreendidas entre os 19 e os 59 anos, por suspeita de furto de azeitona, nos concelhos de Beja e Moura.

A GNR anuncia que a 18 de dezembro, no concelho de Moura, no âmbito de uma denúncia por furto, os militares da Guarda deslocaram-se a um olival e apuraram que dois suspeitos, de 19 e 20 anos, apanharam a azeitona sem consentimento do proprietário. A GNR apreendeu 161 quilos de azeitona, uma máquina manual para apanha de azeitona e uma viatura.

Ainda na mesma data, no concelho de Moura, também no âmbito de uma denúncia, os militares da Guarda deslocaram-se ao local referenciado onde verificaram que quatro suspeitos, com idades entres os 19 e os 23 anos, se encontravam a apanhar azeitona, sem que para tal se encontrassem autorizados pelo proprietário. No seguimento das diligências policiais foram detidos e apreendidos 180 quilos de azeitona e uma viatura.

No dia 19 de dezembro, no âmbito de uma fiscalização rodoviária no concelho de Moura, os militares da Guarda verificaram que era efetuado o transporte de azeitona, em sacos, numa viatura ligeira. Questionados os ocupantes da viatura sobre a proveniência das azeitonas, não conseguiram justificar. Dois suspeitos de 26 e 31 anos foram detidos, tendo sido apreendidos 1123 quilos de azeitona e o veículo onde seguiam.

Já no dia 22 de dezembro, no concelho de Moura, no âmbito de uma denúncia, os militares da Guarda deslocaram-se ao local referenciado onde verificaram que cinco homens suspeitos se encontravam a apanhar azeitona, sem que para tal se encontrassem autorizados pelo proprietário. No seguimento das diligências policiais, os suspeitos, com idades compreendidas entre os 26 e os 59 anos, foram detidos e apreendidos 885 quilos de azeitona, duas viaturas, duas máquinas manuais de apanha de azeitona, uma caixa com ferramentas e cinco baldes de plástico.

No mesmo dia, mas no concelho de Beja, também no âmbito de uma denúncia, os militares da Guarda deslocaram-se a um olival onde verificaram que nove suspeitos, com idades compreendidas entre os 20 e 59 anos, se encontravam a apanhar azeitona, sem qualquer autorização. Os indivíduos foram detidos e apreendidos 1960 quilos de azeitona.

A GNR realça que no âmbito da operação “Campo Seguro 2022”, leva a cabo ações de patrulhamento, sensibilização e fiscalização, “com o propósito de evitar crimes de furto, junto de propriedades/explorações agrícolas, bem como de reforçar o policiamento para dissuadir e reprimir a prática de furtos nos campos agrícolas”.