12°C
Scattered clouds

Orçamento do Estado não responde às necessidades diz João Dias

Orçamento do Estado não responde às necessidades diz João Dias

O deputado do PCP eleito por Beja considera que o Orçamento do Estado para 2023 continua a não responder às necessidades do país.

João Dias realça que o Orçamento “vem dar mais aos grandes empresários, deixando de fora as micro, pequenas e médias empresas”.

No entender do deputado comunista, os trabalhadores e os pensionistas vão perder poder de compra.

João Dias sublinha que não há reforço das verbas para as autarquias, ao contrário daquilo que afirmou o deputado do PS eleito por Beja.

O deputado do PCP frisa que são verbas devidas aos municípios de 2019 e de 2020. No quadro do combate à pandemia, o Estado ainda não pagou aos municípios os 156 milhões de euros prometidos, adianta o parlamentar.

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
4
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades
8
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja

Recomendado para si

28/05/2024
Beja: Chega em campanha para as Europeias em Ourique
28/05/2024
CDU em campanha em Barrancos
28/05/2024
Maria João Ganhão é candidata à secção de Beja do PS
27/05/2024
Europeias: Chega arrancou campanha no sudoeste alentejano a defender maior controlo da imigração
27/05/2024
Paulo Arsénio avança com candidatura à concelhia de Beja do PS
27/05/2024
Sebastião Bugalho visita Moura
27/05/2024
Europeias: CDU em campanha no concelho de Ourique
25/05/2024
Ceia da Silva diz que é necessário “lutar” por melhores acessibilidades