“Os Verdes” querem impedir expansão de culturas intensivas no Perímetro de Rega do Mira

O Partido Ecologista “Os Verdes” entregou na Assembleia da República um Projeto de Resolução onde recomenda ao Governo que revogue a Resolução do Conselho de Ministros nº 179/2019, de 24 de outubro, que garante o impedimento da expansão da área atualmente ocupada por estufas, estufins e túneis, bem como as práticas de agricultura intensiva, em geral, no Perímetro de Rega do Mira (PRM).

O projeto de resolução recomenda que o Governo reveja as regras de instalação de culturas intensivas ou contínuas no PRM, não permitindo exceções que gerem aumento da área ocupada por estufas, estufins e túneis.

“Os Verdes” recomendam ainda ao Governo que promova um estudo conclusivo sobre os impactos que as culturas intensivas no PRM estão a ter nos valores naturais presentes no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (PNSACV), designadamente em relação à biodiversidade, qualidade do ar e estado da água, solos e subsolos e faça o levantamento de todas as empresas que exercem a sua atividade no PRM e o levantamento exato da área aí usada para práticas agrícolas intensivas.