Outeiro do Circo e Museu de Arqueologia de Aljustrel colaboram juntos

A Câmara de Aljustrel convidou os responsáveis pelo Projecto Outeiro do Circo para desenvolverem o estudo científico da Estela da Carniceira, encontrada no Verão de 2003, por um trabalhador agrícola, na freguesia de S. João de Negrilhos, e que se encontra no Museu Municipal de Arqueologia da vila mineira.

Trata-se de uma Estela Funerária da Idade do Bronze, com cerca de 3500 anos e que foi alvo de um longo processo de recuperação por parte do estado após um processo judicial contra um arqueólogo que a detinha indevidamente.

A Estela da Carniceira foi apresentada publicamente em Janeiro de 2019 no Museu Municipal de Arqueologia de Aljustrel, após a assinatura de um contrato de depósito com a Direcção Regional de Cultura do Alentejo.

“Trata-se de uma peça de elevado valor arqueológico, quer pelo reduzido número de Estelas que se conhecem do Bronze Médio, quer pela variedade de motivos decorativos que apresenta”, sublinha a Câmara de Aljustrel.

O estudo é dirigido por Miguel Serra e Eduardo Porfírio, coordenadores do Projecto Outeiro do Circo e por Artur Martins, responsável pelo Museu Municipal de Arqueologia de Aljustrel.