“Patrimónios do Sul” é Feira “para todos os gostos e idades”

Na cidade de Beja está a decorrer, este fim-de-semana, a “Patrimónios do Sul”.

A feira “promove a identidade do território do sul do país ao nível económico, cultural e turístico”, de acordo com a Câmara de Beja, entidade promotora.

O município de Beja aposta neste evento “como forma de apoio ao desenvolvimento regional e às culturas locais, através da valorização dos seus patrimónios, materiais e imateriais, tradicionais e inovadores, ao mesmo tempo que estimula a produção, a transformação e a comercialização, o espírito criativo, o empreendedorismo e a inovação”.

Os vinhos, os produtos agroalimentares, o turismo, a biodiversidade, as artes e ofícios, a gastronomia, a caça e a pesca, a tradição taurina e as aves estão em destaque no Parque de Feiras e Exposições Manuel de Castro e Brito.

Para este sábado, a Feira propõe entre outras iniciativas tiro aos pratos, caça para os mais novos, análise e animação de aves, demonstração de pombos de vara, apresentação do livro “Contos Assesta- Água para Beja” e Festival Taurino da Cercibeja.

Está também prevista a realização do colóquio “Sanidade em Espécies Cinegéticas”. Em cima da mesa estão temas relacionados com a Peste Suína Africana.

O Colóquio é da responsabilidade da Federação Alentejana de Caçadores.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja deixa o convite à população para visitar o certame durante o fim-de-semana.

Em seu entender, a Feira é para “todos os gostos e idades”.

A animação musical está esta noite a cargo de João Pedro Pais, a partir das 22h30.