PCP questiona Governo sobre fecho da Urgência do Hospital de Serpa

O Grupo Parlamentar do PCP questionou o Governo sobre o encerramento das urgências no Hospital de S. Paulo, em Serpa, a partir do início de janeiro, no período noturno.

Os deputados comunistas querem saber se o Governo tem conhecimento da decisão da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, entidade gestora do Hospital.

Por outro lado, pretendem apurar se o ministério da saúde, representado pela ULSBA e pela ARS do Alentejo, foi informado da decisão e que envolvimento teve no encerramento das urgências.

O Grupo Parlamentar do PCP quer ainda perceber se o Governo concorda com o referido encerramento, o que vai fazer para resolver o problema e se está disponível para reverter a gestão do Hospital para o Ministério da Saúde.

João Dias, deputado do PCP eleito por Beja, afirma que a Santa Casa das Misericórdia de Serpa não tem “condições” para gerir o Hospital.