Programa do Governo vai erradicar amianto de 38 escolas do Alentejo

Encerrado o prazo de candidatura ao programa nacional para a remoção de amianto de edifícios escolares a 30 de dezembro de 2020, foram recebidas pelas Autoridades de Gestão dos Programas Operacionais Regionais, candidaturas provenientes de 149 municípios, pretendendo intervenções em 486 escolas de todo o país.

As candidaturas apresentadas solicitam uma verba de cerca de 78,7 milhões de euros.

Quanto à distribuição das candidaturas por Programa Operacional Regional, no Alentejo estão contempladas 38 escolas em 23 municípios.

No distrito de Beja estão contempladas a Escola Mário Beirão e a Escola de Santiago Maior, em Beja; a Escola Secundária de Aljustrel e a Escola Básica e Secundária Dr. João Brito Camacho, em Almodôvar.

Estão, igualmente, abrangidas, as Escolas Básica e Secundária de Ferreira do Alentejo; a Básica e Secundária de S. Sebastião, em Mértola; a Escola Básica de São Teotónio, no concelho de Odemira e, ainda, a Abade Coreia da Serra e nº1 de Vila Nova de S. Bento, no município de Serpa.

O financiamento das intervenções aprovadas e que estejam previstas nos avisos de concurso será assegurado a 100% por fundos europeus dos Programas Operacionais Regionais Norte 2020, Centro 2020, Lisboa 2020, Alentejo 2020 e CRESC Algarve 2020.