Projecto do Outeiro do Circo aguarda decisão da Câmara de Beja

O Projecto Outeiro do Circo desenvolveu várias actividades ao longo do ano de 2017, tais como visitas guiadas, exposições, percursos pedestres, conferências e participação em colóquios internacionais. Todas estas iniciativas envolveram “milhares de pessoas, directa e indirectamente”, refere a coordenação do projecto, iniciado há cerca de uma década.

Ao longo do ano passado, “o maior destaque vai para a intervenção arqueológica realizada durante o mês de Agosto com a conclusão desta fase de trabalhos que criou muitas expectativas”, diz Miguel Serra responsável pelo projecto, acrescentando que “nos últimos momentos apareceram as novidades mais interessantes”, facto que levou a equipa a preparar “um novo projecto que já foi submetido para a apreciação da Câmara”.

Miguel Serra espera que a Câmara aprove a continuidade das escavações no Outeiro do Circo, entre 2018 e 2021. Os trabalhos “vão ter um novo enquadramento” (…). Em relação ao ano de 2017, “o sentimento é de dever cumprido e muita expectativa para o arranque deste novo projecto”, diz o responsável.
Miguel Serra salienta ainda que “o projecto procura envolver mais entidades e pretende um papel mais activo por parte das juntas de freguesia”.

“A Câmara de Beja é a entidade que mais se envolve e mais apoia o trabalho desenvolvido” pelo Outeiro do Circo, conclui.