PSD de Beja satisfeito com aprovação de proposta sobre lay-off simplificado

A Comissão Política Distrital de Beja do PSD vem, em nota de imprensa, mostrar “total satisfação” pela proposta apresentada, pelo Partido Social Democrata na Assembleia da República, relativamente ao lay-off simplificado.

Aquela proposta consiste “em dotar os sócios gerentes a um acesso ao lay-off simplificado, contrariando a posição do Governo”.

“Desde o início da pandemia [Covid-19] que o PSD, vinha a pressionar o Governo para instituir justiça a este processo, caso contrário, a lei do lay-off manter-se-ia desajustada e incoerente face aquilo que era a verdadeira razão desta ajuda”, lê-se na nota.

“O distrito de Beja tem, na sua grande maioria, micro e pequenas empresas com um ou dois funcionários. Esta é uma ajuda bastante grande para que os gerentes consigam levar por diante os seus negócios e ultrapassar de uma forma mais leviana e mais sustentável esta fase que se atravessa”. Quem o diz é Gonçalo Valente, Presidente da Distrital de Beja do PSD.

Na nota enviada às redações o PSD afirma que “é com profundo lamento e preocupação que vê os deputados socialistas eleitos pelo círculo eleitoral de Beja votarem novamente contra os interesses da região, sem manifestarem qualquer justificação para tal”.

“Mais uma vez os interesses do partido, ficaram à frente dos interesses do Distrito que os elegeu”, adianta.

“É importante que as pessoas saibam o trabalho que os deputados eleitos pelo nosso círculo, estão a desenvolver na Assembleia da República. A nossa função entre outras, é escrutinar, informar e fazer acontecer. É esse o nosso objectivo, é essa a nossa responsabilidade e da mesma não nos vamos abster ou abdicar nunca.”