PSD quer corrigir assimetrias regionais

Os social-democratas querem a “correcção de assimetrias regionais” e elegem os territórios de baixa densidade “como prioritários”. O PSD defende a criação do Estatuto legal dos Territórios de Baixa Densidade e Muito Baixa Densidade, com incentivos ao investimento público e privado, seja com recurso ou não aos fundos comunitários.

Os deputados do PSD querem também, a nível autárquico, “um reforço da descentralização de competências, no sentido de maior optimização do serviço público de proximidade, com fomento do associativismo municipal ao nível das Comunidades Intermunicipais e valorização do papel das CCDR’s”.

As explicações foram deixadas à Rádio Pax por Nilza de Sena, deputada do PSD eleita por Beja.

Outra das preocupações patentes no projecto prende-se com a sustentabilidade ambiental, sendo que para isso são propostas diversas medidas de promoção de “crescimento verde”, nomeadamente a protecção dos recursos naturais, criação de emprego verde, reforma fiscal verde, e implementação de novas fontes de energia renovável.