Recolha de resíduos cresceu em 2022 na Resialentejo

0

A Resialentejo, empresa intermunicipal de tratamento e valorização de resíduos, encerrou 2022 com um aumento de 66,6% no volume de biorresíduos recolhido, comparativamente com o ano anterior.

Os dados agora revelados pela empresa indicam que a recolha de vidro cresceu 10% em 2022, face a período homólogo.

As recolhas de papel/cartão cresceram 0,3% comparativamente a 2021.  

As embalagens de plástico e metal conheceram um crescimento homólogo de 1,1%.

A Resialentejo serve os concelhos de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa.