Residência artística junta dança e histórias da pandemia em Beja

O Museu Regional de Beja recebe, a partir de hoje, uma residência artística onde são partilhadas experiências da pandemia durante aulas de dança.

Trata-se de uma atividade gratuita, aberta a toda a população, sem exclusão de idade ou condição física.

Catarina Branco, responsável pela residência, explica que as várias histórias recolhidas serão apresentadas num espetáculo que vai representar as vivências da pandemia nas cidades do Porto e de Beja.

A residência prolonga-se até à próxima sexta-feira. As sessões estão agendadas para o período entre as 14 e as 17h30. Os interessados poderão formalizar a sua inscrição junto do Museu Regional de Beja.