Rotura de conduta de gás obriga a encerramento de rua em Beja

A rotura foi provocada por uma máquina da EMAS – Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja que procedia a trabalhos na rede de água naquela artéria.

Devido ao intenso cheiro a gás e por precaução, a PSP de Beja montou um perímetro de segurança. Pessoas e viaturas foram desviadas para as ruas adjacentes.

A pronta intervenção dos Bombeiros e da PSP evitou danos humanos e materiais.

A artéria foi reaberta após a empresa fornecedora de gás ter suspendido o abastecimento para reparação da conduta.

No local estiveram vários elementos dos Bombeiros Voluntários de Beja, da EMAS, da Protecção Civil Municipal e da Polícia de Segurança Pública.