SEF detetou trabalhadores ilegais em Ferreira do Alentejo

O SEF- Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, detetou quatro cidadãos estrangeiros e ilegais a trabalhar numa exploração agrícola, em Ferreira do Alentejo.

No âmbito da operação de fiscalização realizada pela Autoridade para as Condições de Trabalho, em conjunto com a Guarda Nacional Republicana (GNR) o SEF notificou, os trabalhares ilegais para abandono voluntário do Espaço Schengen, no prazo de 20 dias.

“Ao todo, no local, encontravam-se 14 cidadãos estrangeiros, nomeadamente oriundos da América do Sul e Leste europeu. Pela utilização de mão de obra ilegal, serão instaurados às entidades empregadoras os respetivos procedimentos contra- ordenacionais”, refere o SEF.