Serviço de urgência do Centro de Saúde de Castro Verde vai ser ampliado

O edifício do Serviço de Urgência Básica (SUB) do Centro de Saúde de Castro Verde vai ser ampliado, numa parceria entre a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo e a Câmara Municipal de Castro Verde.

No passado dia 21 de outubro realizou-se, em Castro Verde, uma reunião para analisar a possibilidade de se proceder a uma ampliação do atual espaço da SUB de Castro Verde, que juntou a Administração da ULSBA, o Presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Alentejo, José Robalo e o Presidente do Município, António José Brito.

De acordo com António José Brito, trata-se de um investimento muito importante. “O SUB de Castro Verde”, explica o autarca, “foi preparado para dar resposta a 7 mil pessoas” e, neste momento, ““está a dar a cerca de 40 mil”.

Segundo o presidente da autarquia castrense, “inicia-se agora um caminho concreto” que irá culminar “num serviço de urgência com condições adequadas que permita dar resposta a uma vasta área” que engloba as populações de oito concelhos.

O comunicadoda ULSBA refere que Conceição Margalha, presidente do Conselho de Administração da ULSBA considera que “as atuais instalações deste Serviço de Urgência Básica (SUB) são insuficientes para dar resposta à população dos concelhos, num total de cerca de 40 mil pessoas, sendo muito importante o seu alargamento”.

Conceição Margalha adianta que existem “espaços físicos exíguos, sobretudo na zona de triagem, salas de espera, sala de tratamentos, gabinete de enfermagem e gabinete administrativo”.

No sentido de se concretizar a referida ampliação, já está a ser desenvolvido “o Programa Funcional e só posteriormente será efetuado o projeto de ampliação do edifício do SUB de Castro Verde, com a colaboração dos Serviços Técnicos da Câmara Municipal de Castro Verde”.

“Após estes trâmites é que poderá haver uma estimativa de custos da obra e serão diligenciados todos os esforços para obtenção de financiamento”.