Trabalhador ferido nas minas de Aljustrel continua em estado grave

O trabalhador que ficou ferido no acidente ocorrido, ontem, nas minas de Aljustrel, continua em estado grave no Hospital de Beja.

João Negra, de 25 anos, natural de Ervidel, Aljustrel, sofreu um traumatismo torácico grave. Ontem ao final da tarde foi operado aos membros inferiores, disse à Rádio Pax fonte hospitalar.

O outro trabalhador, Joaquim Guerreiro, 46 anos, natural de Ermidas Sado, Grândola, acabaria por falecer no acidente.

Segundo comunicado enviado à Agência Lusa pela Almina – Minas do Alentejo, o acidente ocorreu quando os dois mecânicos da empresa EPDM – Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro circulavam na Mina de Feitais, em Aljustrel.

 

Câmara de Aljustrel “lamenta”

O Município de Aljustrel “lamenta o acidente ocorrido ontem, 11 de Fevereiro de 2019, na mina de Aljustrel, que resultou no falecimento de um trabalhador e em ferimentos noutro”.

Numa nota publicada hoje, a Câmara adianta que “articulou, igualmente, com a empresa mineira e com os Serviços de Saúde, a prestação de apoio psicológico aos familiares da vítima mortal do acidente, a quem se endereçam sentidas condolências”.

Por outro lado, está a acompanhar o estado de saúde do trabalhador internado.

A Câmara Municipal de Aljustrel “envia um forte abraço de solidariedade a toda a comunidade mineira e, em particular, aos trabalhadores da mina de Aljustrel, neste momento tão doloroso”.