ULSBA: Dois terços dos médicos têm mais de 60 anos

Foto: Sul Informação
Foto: Sul Informação

José Carlos Queimado, presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) salientou ontem, durante a iniciativa “Saúde Aberta”, que dois terços dos médicos têm mais de 60 anos.

O mesmo responsável defende que “é preciso encontrar estratégias para fixar pessoas no território” e mostra-se preocupado com aquilo que diz ser a “falta de recursos humanos na região”.

José Carlos Queimado admite que existem “dificuldades” nalguns serviços do Hospital de Beja e frisa que as instalações têm funcionado em contentores e num pavilhão.

O Presidente da ULSBA assegura que vai haver um novo bloco de partos, uma área específica para os exames e o serviço de ressonância magnética naquela infraestrutura.

José Carlos Queimado frisa que as expetativas em torno do desenvolvimento do Hospital são “altas”.

O mesmo sublinha que é preciso abranger os 13 municípios do Baixo Alentejo nos cuidados paliativos do Hospital José Joaquim Fernandes.