ULSBA quer alargar a outras instituições projeto de sustentabilidade

Foto: ULSBA
Foto: ULSBA

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) pretende abrir a outras instituições o projeto agora lançado de sustentabilidade social e ambiental.

Doentes do Hospital de Dia de Psiquiatria e funcionários da Unidade Local estão a aproveitar tecido não tecido, um resíduo produzido no Hospital, para fazer sacos e porta documentos.

O projeto pretende substituir a utilização de sacos de plástico por tecido não tecido .

A ULSBA está disponível para ceder tecido não tecido a lares, creches, centros de dia, universidade sénior e prisão entre outras instituições que trabalham na área da terapia ocupacional.

O alargamento do projeto é uma das metas explica Iria Velez, Vogal Executiva do Conselho de Administração da ULSBA e uma das mentoras do projeto.