Unidade de transformação de frutos secos instala-se em Ferreira do Alentejo

De acordo com o município, a empresa que adquiriu 5 lotes de terreno no Parque de Empresas de Ferreira do Alentejo, numa área total de 5 965 m2, no passado mês de Agosto de 2015, vai instalar uma unidade de despela e descasque de amêndoa, que visa laborar não só com a produção própria, mas também e sobretudo a amêndoa produzida na região, que abrange uma área entre os 15 e os 20 mil hectares.

Este investimento privado ronda os 800 mil euros e estima a criação de seis a oito novos postos de trabalho numa 1ª fase.

A autarquia prevê que “esta unidade de transformação poderá ainda estimular o aparecimento de novos produtores e apoiar tecnicamente a instalação de novos pomares induzindo o incremento de um sector com elevado potencial e que pode constituir mais uma alternativa rentável para o regadio da região”.

Aníbal Costa, presidente da Câmara de Ferreira, afirma que este investimento “abre outra frente no desenvolvimento económico do concelho”. O autarca sublinha que o sector dos frutos secos encontra na região excelentes condições.