Vale da Rosa atinge 4.500 toneladas de uvas comercializadas em 2023

A Herdade Vale da Rosa encerrou a campanha de 2023 com 4.500 toneladas de uvas comercializadas e uma faturação na ordem dos 19 milhões de euros.

“Foi um ano de consolidação para o negócio da empresa”, diz a Herdade em comunicado.

Outro dado realçado foi o crescimento significativo das exportações, que são já responsáveis por 30% do negócio da empresa de Ferreira do Alentejo.

O comunicado refere que “as uvas Vale da Rosa chegam, agora, a um total de sete mercados, sendo Hong Kong o mais recente destino, numa operação que arrancou em 2023 e que se destaca pela solução pioneira adotada ao nível do transporte.

 “Um momento significativo para a Vale da Rosa foi a abertura de caminhos para as exportações via aérea. As uvas ganharam o mercado da Ásia pelas alturas”, enaltece António Silvestre Ferreira, administrador da Vale da Rosa, explicando que “foi por essa via que Hong Kong recebeu a sua primeira encomenda de uvas sem grainha produzidas em solos alentejanos”.

O comunicado afirma que “Reino Unido, Polónia, França, Hungria, Países Baixos, Hong Kong e Malásia são os mercados internacionais a contribuir para os números, agora, alcançados ao nível das exportações, sendo o Reino Unido a principal âncora, com o maior peso entre todos os mercados de exportação”.

A mesma fonte diz, ainda, que a meta para este ano é entrar no mercado da Arábia Saudita.