Violas de Arame juntam tradições portuguesas e brasileiras

A Casa do Povo de S. Martinho das Amoreiras, em Odemira, está a ser palco, este fim-de-semana do 8º Encontro de Violas de Arame.

A iniciativa organizada pelo Centro de Valorização da Viola Campaniça e do Cante de Improviso pretende valorizar a Viola de Arame Portuguesa. O Encontro conta com violas de todo pais, incluindo ilhas, e do Brasil.

O encontro conta com a presença da Viola Campaniça (Alentejo), Viola Braguesa (Minho), Viola Beiroa (Beira Baixa), Viola de Arame (Madeira), Viola da Terra (Açores) e Viola Caipira (Minas Gerais/Brasil).

Esta acção destina-se a todos os músicos, etnógrafos e curiosos que manifestem interesse pela música tradicional.

O Encontro de Violas de Arame termina com uma sessão de Cante de Improviso: Despique e Baldão, acompanhado à Viola Campaniça, seguindo-se um Magusto.