“AlmodôvaReabilita” habitações de famílias vulneráveis

Foi aprovado, recentemente, em Almodôvar, um novo apoio à reabilitação e adaptação de habitações de famílias vulneráveis, designado “AlmodôvaReabilita”.

O projeto pretende “proporcionar soluções habitacionais para agregados familiares em situação de carência financeira que vivem em condições indignas e que não dispõem de capacidade financeira para suportar o custo do acesso a uma habitação adequada”.

O apoio previsto no Projeto “AlmodôvaReabilita” destina-se, exclusivamente, a agregados familiares residentes no concelho de Almodôvar. 

António Bota, presidente da autarquia, explica que este projeto estava pensado há já dois anos e será agora implementado, devido à aprovação da Estratégia Local de Habitação.

“Os apoios têm caráter monetário, a fundo perdido” e a autarquia irá garantir a comparticipação máxima de 75% do custo da obra (em casos excecionais, devidamente justificados, poderá autorizar-se o apoio de 100% do custo da obra). 

O apoio previsto terá o valor máximo de 15 mil euros por habitação, sendo que 50% deste valor será comparticipado pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), 25% pela Câmara Municipal e os restantes 25% estarão a cargo do respetivo do agregado familiar.

As verbas a atribuir destinam-se à realização de obras de conservação e beneficiação na habitação, com vista à garantia da existência de condições mínimas de habitabilidade, segurança, conforto e de sustentabilidade ambiental, bem como, à remoção de barreiras arquitetónicas e à melhoria das condições de mobilidade de pessoas portadoras de deficiência. 

Os apoios serão pagos após a realização de uma vistoria final ao imóvel pelos Serviços Municipais.

As candidaturas devem ser formalizadas no Gabinete de Acão Social da Câmara Municipal de Almodôvar, mediante o preenchimento de impresso.