Assembleia Municipal de Serpa contesta encerramento das Finanças

A Assembleia Municipal decidiu “rejeitar desde já tal hipótese, tendo em conta que qualquer cidadão em qualquer concelho, tem direito ao serviço público prestado”. Na Moção pode ler-se que o fecho “seria mais uma forma de contribuir para a desertificação do Alentejo em geral e do Distrito de Beja em particular e de todo o interior, opondo-se a qualquer lógica de desenvolvimento sustentado e equilibrado do País”.

A Assembleia Municipal de Serpa garante que “continuará a lutar pela dignidade das pessoas e em defesa dos seus direitos constitucionais”.