Baixo Alentejo sem sinais de seca

O Boletim Climatológico do IPMA- Instituto Português do Mar e da Atmosfera indica que no final do mês passado não existia seca em Portugal.

No final de Junho 11,8% do território nacional estava na classe de chuva severa, 68,4 % na classe de chuva moderada e 19,8 % na classe de chuva fraca.

A situação do distrito de Beja variava entre a as classes de chuva moderada e fraca.

O mês de Junho em Portugal continental “classificou-se como normal em relação à temperatura do ar e como muito chuvoso em relação à precipitação”, adianta o Boletim do Instituto.

O valor médio da quantidade de precipitação em Junho atingiu os 48,5 mm, o que corresponde a cerca de 150% do valor normal mensal. O IPMA sublinha que foi o 2º Junho mais chuvoso desde 2000.

A precipitação total no distrito de Beja foi de 20,9mm. A média da temperatura mínima foi de 13,3 graus Celsius. A média da temperatura máxima de 27,8 graus Celsius. O dia 18 de Junho foi o mais quente do mês no distrito de Beja com os termómetros a chegarem aos 37,4 graus Celsius.