Beja vai receber financiamento para reabilitação urbana

O concurso para apresentação  das candidaturas ao financiamento de projectos no âmbito do IFRRU 2020– Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas já está a decorrer.

Este instrumento permite financiar obras de reabilitação integral incidentes nas sete Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) de Beja, como sendo a ARU do Centro Histórico, ARU do Bairro Social, ARU do Centro Histórico de Beja II, ARU da Rua da Lavoura (objecto de duas alterações), ARU do Bairro de S. Miguel à Estrada da Carocha, ARU do Bairro do Pelame e ARU “Flávio dos Santos”).

Ao abrigo do IFRRU 2020 são disponibilizados empréstimos em condições mais favoráveis face às existentes no mercado, nomeadamente taxas de juro abaixo das praticadas para investimentos da mesma natureza, para a reabilitação integral de edifícios destinados à habitação ou a outras actividades, incluindo as medidas de eficiência energética e excluindo as obras de mero restauro, manutenção, limpeza, embelezamento ou equipamento do edifício.

Podem ser beneficiários deste financiamento pessoas singulares, pessoas colectivas privadas (incluindo condomínios e entidades sem fins lucrativos), e pessoas colectivas públicas.

São elegíveis para este programa: a reabilitação integral de edifícios com idade igual ou superior a 30 anos (ou no caso de idade inferior, que demonstrem um nível de conservação igual ou inferior a dois); reabilitação de espaços e unidades industriais abandonadas; reabilitação de fracções privadas inseridas em edifícios de habitação social que sejam alvo de reabilitação integral.

No próximo dia 31 de Janeiro, pelas 15h00, o Auditório da Biblioteca Municipal de Beja recebe uma sessão pública de esclarecimento sobre esta temática.