Câmara de Mértola disponibiliza pré-programa do 7º Festival Islâmico

Para além do souk (mercado) que se instala no centro histórico, o festival aposta este ano em projectos culturais como seminários, exposições, concertos, teatro, dança e animação de rua. 

No primeiro dia, quinta-feira, 16 de Maio, está agendada uma conferência sobre “Fernando Pessoa e a Civilização arábico-islâmica” com Fabrizio Boscaglia, um concerto com Custódio Castelo, guitarra portuguesa, e Ibn Misgan, com música e dança oriental\música árabo-andalusa. Na sexta-feira, dia 17, é apresentado o  livro “Casas do Sul” de Santiago Macias, Manuel Passinhas e Miguel Rego; decorre a conferência “Sistemas de informação e partilha do conhecimento: Mértola no percurso do Acesso Aberto” e concertos com Encuentro Multaka, Dissidenten e Sebastião Antunes.

Ao terceiro dia, sábado, decorre uma conferência organizada pela Comunidade Islâmica em Espanha sobre “Agricultura y Capitalismo”. A companhia Dansul vai apresentar o espectáculo “não dançarás como antes”. À noite tem lugar os contos no souk com Jorge Serafim. Nesse dia os espectáculos musicais estão a cargo de Mad Sheer Khan, Bombino e Melech Mechaya.

Para o último dia está prevista dança com a companhia Dansul. O encerramento do mercado de rua e do Festival conta com a presença do Grupo Coral Guadiana de Mértola, Grupo Folclórico ‘Chocalheiros’ Vila Verde de Ficalho e de Modas e Adufes – Grupo Etnográfico de Proença-a-Velha.

O Festival Islâmico de Mértola nasceu em 2001 e tem como objectivo  valorizar e divulgar a herança islâmica da Vila-Museu. Segundo a mesma fonte “o sucesso da iniciativa desde a primeira edição, e os mais de 50 mil visitantes da última edição, em 2011, motivam, mas também impõem à Câmara Municipal a enorme responsabilidade de se superar” este ano.