Câmara de Serpa exige serviço de urgência aberto 24 horas por dia

A Câmara de Serpa garante que “continuará, com firmeza, a fazer todos os esforços para a manutenção em Serpa do Serviço de Urgências 24 horas por dia”.

O município reage assim às noticias que apontam para o encerramento da urgência no Hospital de S. Paulo, em Serpa, durante a noite.

Numa nota enviada às redacções, a Câmara lembra que “foram muitas as acções e as diligências concretizadas para evitar que [o Hospital] fosse progressivamente esvaziado de serviços e entregue, num processo pouco transparente, à Misericórdia, como acabou por acontecer”.

A autarquia considera que “não é aceitável, de nenhuma forma nem sob nenhum pretexto, que este território e as suas gentes sejam prejudicados” e por isso exige “um esclarecimento imediato e claro sobre o funcionamento do serviço de urgências em Serpa” ao Governo.