CAP reconhece bom momento na agricultura

A disponibilidade de água abre um leque maior de opções aos agricultores. Luís Banha, delegado da Confederação dos Agricultores de Portugal em Beja, refere que regadio e sequeiro são “realidade distintas”, mas considera que os agricultores têm vindo a adaptar-se “muito bem” ao novo panorama criado pelo Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

O mesmo responsável reconhece o bom momento actual. “De uma forma geral a agricultura está melhor do que há algumas décadas atrás”, conclui.