Casas mais caras no Alentejo em Março

O valor médio de avaliação bancária realizada no âmbito da concessão de crédito à habitação situou-se, em Março passado, no Alentejo, nos 973 euros/m2.

De acordo com os dados do INE – Instituto Nacional de Estatística, o preço das habitações na região caiu 0,8% face ao mês anterior e cresceu 2,5% comparativamente a Março de 2017.

O preço dos apartamentos foi de 962 euros/m2. Os dados do INE revelam uma descida de 0,8% face a Fevereiro e um aumento de 2% comparativamente com o mês homólogo.

As moradias foram avaliadas, no Alentejo, em 982 euros/m2, o que representa uma quebra de 0,7% comparativamente ao mês anterior e um aumento de 2,9% face ao mês homólogo.

Em Portugal, o valor médio de avaliação bancária foi 1 167 euros/m2 em Março, 7 euros superior ao observado em Fevereiro.

O Algarve é a região do país onde as habitações são mais caras. O valor médio é de 1 420 euros/m2.