Congresso Luso-Espanhol debate papel da pecuária na salvaguarda do mundo rural

“Sustentabilidade Garantida” é o tema do III Congresso Luso-Espanhol de Pecuária Extensiva que decorre, entre hoje e amanhã, no Centro de Congressos de Cáceres, em Espanha. 

O Congresso pretende ser “um instrumento de reflexão e de debate sobre o potencial da pecuária extensiva, tendo em conta o seu papel na salvaguarda da biodiversidade e da economia circular”, revela a ACOS- Associação de Agricultores do Sul, uma das entidades organizadoras da iniciativa.

A produção em extensivo, a sanidade animal e vegetal, a promoção e comercialização de produtos do montado e a Política Agrícola Comum são algumas das matérias em debate. 

Os ministros da Agricultura de Portugal e Espanha têm presença confirmada no Congresso.

Os trabalhos contam com 58 intervenientes nos painéis, mais 12 investigadores com apresentação de comunicações orais, vídeos e posters e ainda cerca de 500 assistentes portugueses e espanhóis. A delegação portuguesa é constituída por cerca de centena e meia de participantes no Congresso. 

Claudino Matos, Diretor Geral da ACOS sublinha que este é um debate importante para discutir problemas comuns numa altura em que vai entrar em vigor a nova PAC- Política Agrícola Comum.

O Município de Ourique anuncia que está presente no Congresso. De acordo com a Câmara, “Ourique tem-se afirmado ao longo dos anos como Capital do Porco Alentejano, sustentando uma estratégia de afirmação da fileira do porco alentejano em território nacional e no exterior”.