Desemprego caiu 18% no Alentejo

No final de setembro estavam inscritos nos Centros de Emprego do Alentejo 14 876 desempregados. Os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) indicam que o desemprego caiu 18% face a período homólogo. Em setembro estavam inscritos nos Centros de Emprego do Alentejo menos 3 276 indivíduos que em setembro do ano passado.

O Algarve e o Alentejo foram as regiões onde se registou a maior quebra do desemprego.

No país, em setembro, estavam inscritos nos Centros de Emprego 359 148 desempregados. Trata-se do valor mais baixo desde março de 2020. Face a setembro do ano passado o desemprego recuou 12,4% revela o Instituto do Emprego e Formação Profissional.

“Para a diminuição do desemprego registado, face ao mês homólogo de 2020, na variação absoluta, contribuiu o grupo dos que estão inscritos há menos de um ano [-82 029] e, em sentido inverso, constata-se um aumento no desemprego dos indivíduos que permanecem inscritos há um ano e mais [+31 003]”, explica o IEFP.