Dormidas dispararam no Alentejo

O Instituto realça que as dormidas aumentaram em todas as regiões, principalmente nos Açores e no Alentejo.

No Alentejo, as dormidas de residentes cresceram 7,4% face a Novembro de 2014 e as de não residentes 37,6%.

O INE sublinha que no Alentejo verificou-se “um aumento da procura de alguns dos principais mercados, nomeadamente o britânico e o espanhol”.

Na região, a estada média cresceu em Novembro passado 7,4% face a igual mês de 2014. Foi o maior aumento do país.

Os proveitos seguiram a mesma tendência. Os proveitos totais dispararam 17,1% e os de aposento 16,9%.