Eleitos tentam entendimento na União de Freguesias de Salvador e Santa Maria em Beja

A posse dos órgãos da União de Freguesias de Salvador e Santa Maria da Feira, em Beja, foi adiada para hoje, depois das duas propostas para a constituição do executivo apresentadas pelo PS, partido vencedor da União de Freguesias, serem reprovadas pela CDU e pela coligação “Beja Consegue” liderada pelo PSD.

O Partido Socialista tem seis eleitos, a CDU quatro e a coligação “Beja Consegue” tem três.

Ao que a Rádio Pax apurou junto de fonte do PS, estão a ser tentados entendimentos com a CDU e com a coligação “Beja Consegue”.

Em comunicado enviado à Rádio Pax, na altura em que foram reprovadas as propostas, os eleitos do Partido Socialista naquela União de Freguesias consideraram a situação “anómala e prejudicial ao exercício regular dos órgãos e da atividade da freguesia”.

No mesmo documento, o PS sensibilizava “os partidos da oposição para uma reflexão séria sobre a importância de tornar governável a Junta de Freguesia em defesa dos interesses dos cidadãos”.

Se não houver entendimento não está afastada a hipótese de serem convocadas eleições intercalares para aquela União de Freguesias de Beja.