EMAS de Beja apresenta o projeto “Centro de Ciência da Água”

Realiza-se, hoje, pelas 10:30 horas, a cerimónia de apresentação do novo projeto da EMAS de Beja, designado “Centro de Ciência da Água” (CCA).

O evento, que decorre nas instalações da Câmara Municipal de Beja, conta com a presença Inês dos Santos Costa, secretária de Estado do Ambiente, Paulo Arsénio, presidente da autarquia bejense e de elementos diretivos da Agência Portuguesa do Ambiente, da EMAS e do Fundo Ambiental.

“O CCA é um projeto muito ambicioso que a EMAS tinha em carteira, já há algum tempo, e que esperava materializar”, assim, que estivessem reunidas condições, explica Rui Marreiros, administrador executivo da empresa.

Um projeto que arranca, agora, com um investimento na ordem dos 100 mil euros, totalmente, financiado pela Agência Portuguesa do Ambiente.

De acordo com Rui Marreiros, o projeto permite uma abordagem em duas dimensões diferentes: por um lado, à dimensão da sensibilização ambiental e, por outro, permite a melhoria da capacidade operacional da EMAS.

O CCA é uma unidade móvel multifuncional que dará uma resposta integrada na ação de deteção de fugas de água e que simultaneamente, permitirá dinamizar uma importante componente de educação e sensibilização ambiental, permitindo realizar ações de demonstração perfeitamente inseridas no novo paradigma de gestão em contexto de pandemia Covid-19.

A EMAS de Beja é a responsável pela execução e desenvolvimento do projeto, que resulta de um protocolo de cooperação estabelecido entre o município de Beja e a APA – Agência Portuguesa do Ambiente.