Entidades regionais unem-se para criar plataforma de ajuda a pequenos empresários

Como forma de ajudar os pequenos empresários a recuperar dos efeitos da pandemia Covid-19, foram várias as entidades regionais que se uniram para criar uma Plataforma de apoio.

A plataforma destina-se a apoiar empresários do sector do comércio, turismo, cultura, turismo e agricultura, bem como pessoas que se encontrem em regime de layoff.

A OPTA- Organização Pontual no Tempo Atual Alentejo criou, assim, uma plataforma colaborativa com uma oferta diversificada de mecanismos de apoio, informação e suporta, disponível em http://opta-alentejo.pt .

A plataforma, “estimula o consumo de produtos e serviços no comércio e empresas locais e do Alentejo” e “encontra-se aberta à entrada de novos parceiros, que se revejam no espírito solidário e de entreajuda dos alentejanos, cujo carácter inovador, reside na integração de informação e serviços de apoio ao tecido económico e empresarial, mais afetado direta ou indireta pela pandemia Covid-19”, explica a Associação Estar, entidade parceira do projeto.

Aquela plataforma tem como parceiros a Associação Estar, a ADRAL, a Associação do Comércio, Serviços e Turismo do Distrito de Beja, o Banco Alimentar Contra a Fome, a EDIA, o Núcleo Distrital de Beja da EAPN – Rede Europeia Anti-Pobreza, a GeekCase- Sistemas Informáticos e o NERBE-AEBAL.

A estes parceiros juntaram-se ainda, a AABA – Associação de Agricultores do Baixo Alentejo, o TREVO – Floresta, Agricultura e Ambiente, Ld,; a Inogás, a Companhia de Teatro Bejense Arte Pública, a Konkrets, Consultoria e Formação Profissional e a Agricert.