FACECO 2014 com 25 mil visitantes ao longo de três dias

De acordo com José Alberto Guerreiro, presidente do Município de Odemira, “pela FACECO terão passado perto 25 mil visitantes, a maioria oriundos do Alentejo e Algarve”.

O autarca realçou “o programa diferente que a FACECO pode oferecer este ano, a prova de que não é preciso trazer grandes nomes da música nacional, conhecidos de todos, para mover enchentes até à feira”.

A FACECO apostou este ano na diversidade cultural local, na gastronomia, nos concursos, na agricultura, nos frutícolas e hortícolas e na valorização dos produtos endógenos. A feira realçou também o Cabaz do Mar, um projecto único a nível nacional e que leva o melhor do mar a casa dos consumidores a preços acessíveis.

José Alberto Guerreiro sublinhou também que “este ano o concurso do mel conseguiu atingir um número recorde de participantes”. Também o colóquio em torno do Medronho conseguiu ter casa cheia, com o debate em torno deste produto tão marcante do concelho de Odemira.

A autarquia refere ainda que “a FACECO consegui trazer uma mensagem positiva a todos os visitantes do evento”.

O Município de Odemira faz um balanço “extremamente positivo” da 23ª FACECO e garante que “a edição de 2015 começa já a ser preparada”.