GNR com “Tolerância zero ao uso do fogo”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) reforçou em todo o país o patrulhamento direccionado para a prevenção de incêndios, devido às temperaturas elevadas, ventos e baixa humidade.

“Tolerância zero ao uso do fogo” é o mote da operação.

A GNR lembra que durante o período crítico, é proibido nos espaços florestais e agrícolas: fumar, fazer lume ou fogueiras; fazer queimas ou queimadas; lançar foguetes e balões de mecha acesa e fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

Nesta altura é igualmente proibida a circulação de tractores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.