Mértola aprova medidas para minimizar impacto económico nas famílias e empresas

A Câmara Municipal de Mértola aprovou novas medidas de modo a minimizar o impacto económico no orçamento das famílias e empresas do concelho.

Este apoio é uma forma de ajudar a ultrapassar “o momento excepcional” que se vive no país e no mundo.

A Câmara de Mértola procedeu, assim, “à isenção de 50% do valor da renda de espaços e estabelecimentos propriedade do município, no período em que o negócio estiver encerrado ou condicionada e à isenção de 50% do valor da renda em habitação social para os casos de perda de rendimento familiar decorrente da situação de pandemia, ambas as medidas com possibilidade de diferimento dos restantes 50% até ao final do corrente ano”, explica.

Como forma de apoiar as empresas e empresários do concelho a Câmara vai criar um canal preferencial, cujo objectivo é esclarecer dúvidas e informar sobre “as medidas criadas de financiamento às empresas e negócios, pelas entidades estatais, que podem ser muito importantes para a manutenção do negócio e dos quadros de pessoal”, refere a autarquia.

O email disponível para o efeito é apoio.empresarios@cm-mertola.pt.

“Relativamente às medidas financeiras de impacto interno, a Câmara decidiu antecipar o pagamento do subsídio de férias aos funcionários, que será pago no vencimento de abril”, adianta a mesma fonte.

Estas medidas podem ser consultadas na página da autarquia em www.cm-mertola.pt.