Mértola estuda novas práticas agrícolas

A Estação Biológica de Mértola tem no terreno um projecto que vai estudar novas formas de trabalhar o solo. A Estação adquiriu dois arados que têm as suas origens na Austrália a fim de testar a sua capacidade em territórios como Mértola tendo em vista uma maior fixação de água com menor movimentação dos solos.

O projecto designado “pastagens regenerativas” tem vários parceiros nacionais e internacionais.

Um total de cinco agricultores de Mértola e Castro Verde estão envolvidos.

O projecto foi apresentado pela vereadora Rosinda Pimenta ao programa “Pontos de Vista” da Rádio Pax.

A Estação Biológica de Mértola é um projecto de promoção da investigação científica nas áreas da conservação da biodiversidade, valorização dos recursos silvestres, regeneração dos ecossistemas e transição agroecológica em contexto climático mediterrânico, semiárido de elevada vulnerabilidade às alterações climáticas e desertificação.