Nilza de Sena alerta para problemas do ensino profissional no Baixo Alentejo

De acordo com Nilza de Sena, as Escolas Profissionais do distrito debatem-se, “com uma série de constrangimentos, que colocam em risco a sua continuidade, como são os problemas financeiros decorrentes do atraso de pagamento dos fundos comunitários”.

A parlamentar considera que escolas Profissional ALSUD, em Mértola; Profissional de Alvito; Profissional Bento de Jesus Caraça em Beja; Profissional de Cuba; Profissional Filho de Almeida na Vidigueira; Profissional de Moura; Profissional de Odemira e Profissional de Serpa “merecem ser apoiadas” pelo trabalho desenvolvido.

A deputada Nilza de Sena perguntou ao Governo, através do Ministro da Educação, quando está prevista a regularização das verbas devidas pelo POCH, e por outro lado, qual a disponibilidade do Ministério da Educação para atender às “especificidades das escolas profissionais de regiões demograficamente muito deprimidas como a de Beja”.