Odemira: Candidaturas ao Fundo de Emergência Empresarial com prazo alargado

Foi alargado até dia 15 de julho o prazo de entrega das candidaturas ao Fundo de Emergência Empresarial- Odemira Empreende+ cujo objetivo é “minimizar o impacto da crise social e económica nas empresas do concelho e fazer face à diminuição dos rendimentos, como consequência da pandemia”.

O Odemira Empreende+ é dirigido a empresários a título individual ou em sociedades comerciais das áreas da restauração e similares, comércio de bens a retalho ou de prestação de serviços que estejam sediados no concelho há mais de seis meses, que não tenham dívidas à Autoridade Tributária e Aduaneira, à Segurança Social e ao Município, que os estabelecimentos tenham encerrado e/ou que tenham tido uma redução na faturação superior a 40% nos meses de março e abril.

Cada empresário poderá receber até ao limite de 1 500 euros.

O Fundo Municipal de Emergência Odemira Empreende + insere-se no conjunto de medidas extraordinárias de apoio às famílias, instituições, às empresas e ao emprego, aprovadas no início de abril, em estreita articulação entre os órgãos autárquicos do concelho – Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesia. Serão também tidas em conta as listagens enviadas pelas 13 Juntas de Freguesia, com a informação dos estabelecimentos encerrados devido à pandemia.

As candidaturas devem ser efetuadas em https://www.cm-odemira.pt/pages/1185.