Politécnico de Beja coloca 200 bicicletas na cidade (Fotogaleria)

O Politécnico de Beja tem à disposição da comunidade académica 120 bicicletas convencionais, 80 eléctricas, 245 lugares de estacionamento, dois pontos de carregamento e 24 acções de sensibilização e divulgação.

O projecto U-Bike, ontem apresentado, pretende promover “hábitos regulares de mobilidade sustentável na comunidade académica”.

As bicicletas vão facilitar a deslocação dos estudantes das residências para as aulas. Podem ser também usadas por professores e funcionários do Politécnico.

O IPBeja é uma das 15 instituições de ensino superior envolvidas neste projecto coordenado pelo IMT- Instituto da Mobilidade e dos Transportes.

O presidente do Instituto, realça que se trata de um projecto com impacto na área ambiental. João Paulo Trindade realça que há um grande “interesse” em torno das bicicletas.

O U-Bike tem o apoio da Câmara de Beja. Paulo Arsénio, presidente do município, considera que é um “excelente projecto de cooperação”. O autarca enaltece a importância desta iniciativa que promove a mobilidade sustentável.

Paulo Arsénio admite que Beja é uma “cidade ingreme, pouco plana”, pelo que o uso de bicicletas eléctricas é uma vantagem. O mesmo responsável garante que “a Câmara será sempre parceira do Politécnico para encontrar soluções que permitam andar mais e melhor de bicicleta em Beja”.