Profissionais de saúde unem-se para reflectir sobre cuidados aos idosos

O Lar D. José do Patrocínio Dias, uma valência do Patronato de S. António, em Beja, organiza, hoje e amanhã, as I Jornadas ERPI (Estrutura Residencial para Idosos) sobre “Respostas de Saúde e Sociais à Pessoa em Contexto de Fragilidade”. O evento decorre no Auditório I do Instituto Politécnico de Beja.

A iniciativa vai “debater e reflectir sobre novas respostas que, de forma mais integrada, assegurem cuidados adequados às pessoas em contexto de fragilidade”, explica a organização.

Nos trabalhos participam especialistas de diversas instituições nacionais, tais como médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e terapeutas, entre muitos outros profissionais ligados à saúde e às estruturas residenciais para idosos.

As jornadas abordam temas como a “Demência: Diagnóstico e Adequação de Cuidados ao Longo da Vida”, “Direito, Ética e Legislação”, “Abordagem Centrada na Pessoa”, “Principais Desafios, Abordagem e Tomada de Decisão”, “Direitos Humanos, Envelhecimento e Fragilidade”.

O encontro inclui conferências, workshops e simpósios com “o objectivo de reunir, de forma integrada, contributos dos mais variados intervenientes no processo de cuidados à pessoa idosa”.

Maria do Céu Valério, directora técnica do Lar D. José do Patrocínio Dias explica que as I Jornadas pretendem “encontrar respostas adequadas” para os problemas das pessoas que vivem em contexto de fragilidade.