Recolha medicamentos decorre nas farmácias do distrito

A iniciativa conta com a adesão de 160 farmácias, 7 delas do distrito de Beja.  Os medicamentos recolhidos vão beneficiar utentes de 90 instituições particulares de solidariedade social de vários distritos.

O Banco Farmacêutico tem uma dinâmica semelhante à do Banco Alimentar Contra a Fome. O objectivo passar por sensibilizar a população para a doação de medicamentos e produtos de saúde não sujeitos a receita médica.

A Jornada de Recolha de Medicamentos é feita nas farmácias onde o farmacêutico garante a qualidade dos medicamentos doados. Só podem ser doados medicamentos novos, seguros e de qualidade e que ainda não tenham estado fora do circuito do medicamento (não são aceites medicamentos vindos de casa) e que correspondam à lista de necessidades de cada uma das instituições de solidariedade social contempladas pela recolha.

A edição de 2015 contou com a recolha de 10 mil e 500 medicamentos e produtos de saúde, no valor de 42 mil euros.

A VIII Jornada de Recolha de Medicamentos conta com o apoio de cada uma das farmácias aderentes, da Ordem dos Farmacêuticos e da Associação Nacional de Farmácias.

No distrito, as doações podem ser feitas em Barrancos, na Farmácia Barranquense, em Beja, na Farmácia Silveira, na Farmácia Central e na Farmácia Oliveira, em Serpa, na Farmácia Central e na Farmácia Serpa Jardim e na Vidigueira na Farmácia Costa.