“Seca dificultou montanheira” diz Nuno Faustino

A ACPA- Associação de Criadores de Porco Alentejano marcou presença na Feira de Garvão e na 24ª exposição de agro- pecuária.

Durante a iniciativa, Nuno Faustino presidente da Associação, disse à Rádio Pax que “a seca marcou a montanheira”. A falta “de água e de erva atrasou a engorda [dos animais]”. Ainda assim, e apesar das dificuldades, “em meados de Dezembro, houve uma recuperação” dos porcos de raça alentejana.

“Felizmente choveu e a montanheira conseguiu recuperar”, salienta o presidente da ACPA.

O mesmo responsável refere ainda que o porco alentejano está a “ganhar cada vez mais revelo na pecuária extensiva”.