Sindicato denuncia salários em atraso no Hospital de Serpa

A Direcção Regional do Alentejo do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) denuncia a existência de vencimentos em atraso no Hospital de Serpa, gerido pela Santa Casa da Misericórdia de Serpa desde 2015.

“Já não é a primeira vez que há salários em atraso” desde que a gestão do Hospital passou para a Santa Casa da Misericórdia, assegura o Sindicato.

Segundo Celso Silva, da direcção regional do Alentejo do SEP, trata-se de uma “situação inadmissível” que a Administração Regional de Saúde do Alentejo, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo e o próprio Ministério da Saúde “não podem ignorar”.

A Rádio Pax tentou sem sucesso obter uma reacção da Santa Casa da Misericórdia de Serpa.