Somincor fala em 17% de adesão à greve

A Somincor emitiu um comunicado onde revela que está a “acompanhar de perto” a greve dos mineiros em Neves Corvo. Segundo a empresa, a adesão à greve iniciada hoje ronda os 17%.

A Somincor garante que está aberta “a um diálogo construtivo e permanente” com os trabalhadores e o Sindicato.

A empresa assegura que não pretende retirar “qualquer remuneração ou outros benefícios” aos mineiros.

A Somincor adianta que apresentou uma proposta ao Sindicato “de manutenção do regime de laboração continua com turnos de 10 horas e 42 minutos com uma hora de descanso já incluída, num horário de quatro dias de trabalho seguidos de quatro dias de descanso consecutivos”. Entre outros benefícios, esta proposta proporcionaria, segundo a empresa, trabalhar 161 dias por ano, excluindo férias e feriados, e usufruir de 20 fins-de-semana completos (sábado e domingo) por ano, ao contrário dos actuais 8 fins-de-semana completos. O Sindicato recusou.

A Somincor acrescenta que vai continuar empenhada “em garantir boas condições de trabalho a todos os colaboradores, bem como a competitividade a longo prazo da operação”.