Ana Catarina Mendes satisfeita com “aproveitamento” do Aeroporto de Beja

A presidente do Grupo Parlamentar do PS, esteve em Beja, esta tarde. Ana Catarina Mendes sublinhou o trabalho desenvolvido entre a autarquia bejense e o grupo Hifly/MESA, afirmando que esta “articulação” contribuiu para a concretização do investimento feito no hangar de manutenção de aviões, localizado no Aeroporto de Beja.

Destacando a forte quebra no sector da aviação verificada na sequência da pandemia, Ana Catarina Mendes relevou a importância do investimento de 30 milhões feito no hangar da Mesa, localizado, no aeroporto de Beja, destinado à manutenção de aviões.

Depois do encontro com David Cruz, diretor de Operações de Manutenção da MESA, a responsável socialista realçou a importância que o poder local tem na atração e na fixação deste tipo de investimentos, aludindo “à estreita articulação que tem havido entre a Câmara de Beja e a HiFly”.

Questionada sobre se o aeroporto de Beja se esgota, apenas, na vertente da manutenção aeroportuária ou se existem outras potencialidades em vista, Ana Catarina Mendes disse não saber se “se pode colocar a questão nestes termos”.

Na sua opinião, a pergunta que se impõe é “se valia a pena estar um espaço como este esteve, durante muito tempo, apenas, com uma árvore à espera de um aeroporto?”.

No balanço do encontro, David Cruz, diretor de operações de manutenção da Mesa, disse “ser muito interessante para a empresa lidar com as pessoas que estão no poder”, o que demonstra na sua opinião, que “há interesse” do poder central “no projeto que a Mesa está a desenvolver”.

Além de explicar que outras potencialidades podem ser desenvolvidas no Aeroporto de Beja, o responsável salientou que além do investimento privado, é também importante não esquecer “o compromisso das entidades públicas”.

Na visita estiveram, também presentes, os deputados do PS eleitos por Beja, Pedro do Carmo e Telma Guerreiro, Nelson Brito, presidente da Federação do PS do Baixo Alentejo, Luís Miranda, vereador da Câmara de Beja e Conceição Casanova, presidente da Assembleia Municipal de Beja.

A visita surgiu no âmbito da preparação para o debate do Estado da Nação e, nesse sentido, o Grupo Parlamentar do Partido Socialista está a realizar um conjunto de sessões de auscultação dos representantes da sociedade civil com visitas a locais em que as políticas públicas marcaram a diferença no combate às consequências da pandemia.

Recorde-se que a Mesa inaugurou, em janeiro deste ano, um novo hangar no Terminal Civil do Aeroporto de Beja, dedicado à manutenção de aviões, num investimento de 30 milhões de euros.

Além deste investimento, a MESA quer avançar com um novo centro logístico de suporte às actividades de manutenção, com cerca de 6.000m2 e Beja foi a localização escolhida para acolher esta infraestrutura.