14°C
Fog

Câmara de Almodôvar vai criar centro interpretativo sobre atividade mineira

Câmara de Almodôvar vai criar centro interpretativo sobre atividade mineira

A Câmara de Almodôvar (Beja) vai criar um centro interpretativo sobre a atividade mineira, num investimento de cerca de 1,2 milhões de euros, revelou hoje o presidente do município.

O projeto, ainda “em preparação”, está previsto para a zona junto à biblioteca municipal e as obras poderão avançar até final deste ano, disse à agência Lusa o presidente da autarquia alentejana, António Bota (PS).

Segundo o eleito, a ideia é construir no local um edifício que acolha o arquivo municipal e tenha, em simultâneo, um espaço onde alunos e visitantes possam conhecer rochas e minerais de “diferentes minas do mundo”.

O centro interpretativo irá ainda possibilitar a “recriação de uma descida ao fundo da mina” através da tecnologia da realidade virtual, disse.

“Será um centro interpretativo, com possibilidade de visitarmos aquilo que ninguém vê. Ninguém pode ir ao fundo de uma mina e nós vamos ter essa possibilidade através da realidade virtual”, acrescentou António Bota.

O presidente da Câmara de Almodôvar adiantou que a empresa Somincor, concessionária das minas de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde (Beja), deverá apoiar este projeto, “nomeadamente nos conteúdos”.

Será “um projeto de turismo”, porque possibilitará a qualquer pessoa ir “a Almodôvar e visitar uma mina de qualquer parte do mundo”, mas também “um projeto pedagógico”, permitindo aos alunos “aprender sobre a atividade mineira”, reforçou.

No local será ainda instalado um novo parque de estacionamento público, com capacidade para 70 viaturas.

“Estamos a falar de uma zona nobre da vila, praticamente no centro histórico, e este parque de estacionamento vai ser uma grande vantagem para os serviços públicos existentes nas proximidades”, frisou António Bota.

De acordo com o autarca, o investimento total pode ascender a cerca de 1,2 milhões de euros, “aos preços atuais”.

“Se tudo correr como nós queremos, certamente até meio do ano que vem teremos aquela obra completa”, concluiu.

Rádio Pax / Lusa

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
4
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades
8
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja

Recomendado para si

18/04/2024
Deputado do PSD por Beja garante que será “voz” dos agricultores na AR
Odemira
18/04/2024
OP de Odemira está a receber propostas
17/04/2024
OP de Castro Verde aumenta para 80 mil euros
16/04/2024
Munícipes podem apresentar propostas para o OP de Beja
Castro Verde
15/04/2024
Câmara de Castro avança com périplo pelas freguesias
Castro Verde
14/04/2024
PS de Castro Verde acusa freguesias CDU do concelho de desleixo
12/04/2024
PS acusa deputado do PSD de “espalhar desinformação”
ferrovia
10/04/2024
Ligação ferroviária ao aeroporto de Beja não está prevista, diz Gonçalo Valente