Odemira abre 2ª fase do concurso para habitação destinada aos jovens

Vista aerea de drone da vila de Odemira com casas

A 2ª fase do concurso para alienação de mais de 25 lotes de terreno para a construção de habitação própria e permanente a jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 40 anos está a decorrer no concelho de Odemira.

Este concurso público insere-se no âmbito da Estratégia Local de Habitação.

Os lotes que vão ser cedidos encontram-se inseridos em Loteamentos Municipais em Amoreiras-Gare, Boavista dos Pinheiros, Castelão, São Luís, São Teotónio (Bairro do Casal Novo), Sabóia, Luzianes-Gare, Relíquias, Vale de Santiago e em Odemira (Talhões de Terreno na Rua 5 de Outubro),

As parcelas destinam-se à construção de habitação própria e permanente, não podendo ser utilizados para quaisquer outros fins e são vendidos pelo preço base de dez euros/m2.

As candidaturas devem ser entregues até ao dia 28 de julho de 2023 no Balcão Único, em envelope fechado, contra recibo de entrega, ou por carta registada com aviso de receção.

A documentação necessária está disponível no site da Câmara Municipal de Odemira.

Na classificação dos concorrentes são considerados “os critérios de naturalidade no concelho, se é estudante e residente no concelho, o agregado familiar e a situação laboral no concelho, com diferentes ponderações”, revela a Câmara de Odemira.